rachael-crowe-79516
Reflexão

Nunca é tarde

Você já parou para refletir sobre a relação que temos com o tempo? Em como muitas vezes deixamos de fazer coisas porque acreditamos que seja tarde? Outro dia me peguei pensando no que realmente pode ser tarde e percebi como inventamos desculpas para  a nossa falta de coragem.

Nunca é tarde para fazer o que se gosta e ir em busca do que verdadeiramente se quer.

Nunca é tarde para desconstruir crenças limitantes, deixar de lado o medo e assumir que é ele quem não  permite fazer coisas realmente desejadas.

Nunca é tarde para levantar, respirar, pensar melhor e voltar atrás numa ideia – às vezes fazemos  algo convictos de que aquilo será daquela forma a vida inteira, mas quase nunca é. Então, nunca é tarde pra  mudarmos de opinião e fazermos diferente.

Nunca é tarde para ampliar o horizonte, olhar mais longe – assim, vermos que não estamos amarrados a uma opção, temos outras alternativas.

Nunca é tarde para escolher a opção diferente.

Nunca é tarde para começar de novo, adquirir novos conhecimentos, aceitar novos desafios e sair da zona de conforto – o tempo passa de qualquer forma, ele está passando e como nós o aproveitamos?

Nunca é tarde para se amar um pouco mais e fazer algo bom para si mesmo mesmos.

Nunca é tarde para decidir fazer uma dieta ou mudar o cabelo – não importa se você tem 50, 60 anos e resolveu pintar o cabelo de rosa, porque quando tinha 15, não pode, porque não era permitido, porque não tinha coragem ou pelo simples medo de ficar ridículo.

Existe uma coisa que para a qual, seja tarde: demonstrar sentimentos, dizer te amo, demonstrar carinho e afeto. Porque quando aquela pessoa não estiver mais aqui conosco, quando quisermos fazer tudo isso, aí sim, será tarde. A morte é a única coisa certa, não há como escapar e depois dela,  as coisas passam a serem tarde, mas em vida, nunca é tarde para mudar de emprego,  perdoar, recomeçar, se divertir, estudar, amar…

Deus é tão maravilhoso, nos dá tanta oportunidade, cada dia, cada momento, novos caminhos e não aproveitamos. Os anos passam e de repente passou a vida inteira e achamos que era tarde para fazer isso ou aquilo.

Então, num momento de reflexão, quando olhamos para trás, concluímos que não era tarde. O hoje existe agora, o amanhã não existe, o ontem já existiu e para hoje, nunca é tarde.

Escreva um comentário