1edef8e1c64535cd71ccab64ec154846ee872487
Beleza

Uma febre chamada Glambox

Oi, gente! Tudo bem?

Há uns três meses atrás resolvi assinar a Glambox, que funciona assim: você faz uma assinatura, tem algumas opções de preços, e recebe em casa uma caixinha, maravilhosa por sinal, com amostras, miniatura e produtos no tamanho original para conhecer, testar e experimentar.

Quando realiza seu cadastro, preenche um questionário sobre você, para definir o seu perfil de beleza. Assim, os produtos que vêm na sua caixa, são os que você poderá usar.

O que me chamou atenção foi ver que muitas gurias estão aderindo essa ideia. Resolvi experimentar, pois observando o contexto como publicitária, só posso aplaudir esse novo jeito de fazer publicidade.
glambox-3

É bem sabido que as blogueiras exercem uma forte influência sobre seus seguidores, as famosas, claro, afinal qualquer um pode ser blogueiro, mas isso não significa nada! Isso mexe com o ego e o  desejo do povo. A maioria das pessoas tem essa ânsia de ser como os bloggers, que influenciam o outro, são reconhecidos e têm seus 15 min de fama, ou mais, né?

A Glambox é mais uma empresa de várias outras espalhadas por aí, que usa o desejo alheio a favor da publicidade. Através dela, a guria pode ter a breve ilusão, de que é uma digital influencer (novo termo das blogueiras), que recebe produtos para testar, comentar e dar a sua opinião.

Simples e genial! Você PAGA para receber produtos e amostras e fazer uma verdadeira propaganda, bem gratuita, em todas as suas redes sociais para todas as empresas. Tem ideia da proporção disso? E o engajamento? Como dizia um professor meu, “Como eu não pensei nisso antes? Ideia simples e o simples é excelente!”.

Eu ainda não cheguei a conclusão se realmente vale a pena. Confesso que adorei a minha caixa de outubro, produtos que eu gostaria de comprar. Puft, acertaram o público alvo! rsrs

Vou mostrar em outro post a glambox de outubro. Fiquem por aqui.

Beijos, grandes!

Escreva um comentário